Seguidores

21 de jun de 2008

Nossa amiga Darclée

Darclée me escreveu num e-mail: "Eu seria feliz se começassem a trabalhar com células tronco, seria uma forma de me livrar dessa ESCLEROSE MULTIPLA que me incomoda muito. Mas apesar de tudo sou uma pessoa feliz. Beijinhos, Darclée."





Darclée, estou torcendo tanto para que as pesquisas avancem, e rapidamente, e que sejam aprovadas todas as leis que permitam essas pesquisas, e que as idéias atrasadas à respeito sejam passadas para trás. Sei o quanto esse avanço nas pesquisas com as células tronco poderão curar pessoas! Afinal existe uma esperança! Espero que todos os colegas da nossa comunidade do Conselheiro Crispiniano, que aqui compartilham nossas vivências de infância e de hoje, também estejam nessa torcida para que você vença essa doença que tanto impediu sua vida livre.





Olha o que encontrei sobre o seu raro e lindo nome:

Ela era uma cantora Romena afamada! Hériclée Darclée contribuiu muito aos sucessos das três primeiras óperas de Carlos Gomes (11/07/1836 a 16/09/1896) que foi o primeiro grande compositor brasileiro, autor de O Guarany. Ela cantou as óperas na Itália, na Hungria e na Inglaterra. Ninguém sabia o ano de nascimento de Madame Darclée. Morreu em Milão em 1939 na Fundação Verdi, muito idosa. Até 1918 exultava o público de Milão, Roma (estreia de «Tosca» de Giacomo Puccini, 1858–1924) , Trieste, Veneza, Budapeste, São Petersburgo, Londres, Buenos Aires e outras cidades.

Bem, a minha amiga Darclée Silveira deve ter esse nome em homenagem à essa cantora romena, de ópera. Nem sei se ela sabia disso, um dia vou perguntar.




Achei também:

Vídeo com a voz e fotos da Darclée, a cantora
http://www.youtube.com/watch?v=joubcLWyeys

Vídeo que explica de modo simples o que são as células tronco
http://www.youtube.com/watch?v=pTrwVJ7ctFQ

Uma página que explica o que é Esclerose Múltipla
http://drauziovarella.ig.com.br/entrevistas/emultipla.asp

Nenhum comentário: